Sunday, April 23, 2006

Memórias de uma Barbuda
QUITÉRIA de JESUS BARBUDA

TERCEIRA

A Morte de mais um Miserável

Após o 25 de Abril de 1974 Carlos Fabião foi graduado em brigadeiro e nomeado governador e comandante-chefe da Guiné, tendo como missão fazer a transição deste território para a independência, que consistiu simplesmente na entrega ao PAIGC. Foi conovente com a chacina de quase todos os guinéus que combateram do lado português, principalmente os gloriosos «comandos africanos», assassinados impiedosamente pelo facínora do Cabral, que vide há já alguns anos imponemente em portugal à custa dos nossos impostos.
Regressado da Guiné, foi escolhido pelo MFA para desempenhar as funções de chefe do estado-Maior do Exército. Foi um desastre completo! Sob o seu comando ocorreu a mais completa degradação da disciplina e da coesão do Exército. Foi nesta altura que se deu o juramento de bandeira «revolucionário» no Ralis, a 21 de Novembro de 1075. Foi corrido no dia 25 de Novembro de 1975.
Pelos crimes contra a Humanidade de que foi o responsável, fazemos votos de que tenha ido directamente para o Inferno!

Este artigo teve a aprovação do exmo. Comandante Guélas

Viva o Comandante Guélas

WWW.RIAPA.PT.TO


1 comment:

biel said...

Você tem talento para ser feliz?

Leila Navarro, mostrará no II Workshop-Show Talento para ser feliz como
vencer as dificuldades do dia-a-dia com muito bom-humor, ousadia e
criatividade.

Não perca.


http://www.talentoparaserfeliz.com.br/