Tuesday, October 26, 2004

Economia

ORÇAMENTO

Os Paradoxos da Oposição

Nos últimos dois anos as Centrais Sindicais, o PS, o PCP e o BE berraram contra o facto de não haver aumentos salariais para a Função Pública, apesar de saberem que o país se encaminhava para a Banca Rota, por causa deles.
Queriam um aumento que fosse, no mínimo, acima da Inflação. Pois este ano isso vai acontecer e eles criticam na mesma. Não é paradoxal?
Um outro ponto é o facto do OE ir consagrar um aumento significativo no investimento público, que era outra das coisas que a Oposição vinha exigindo. Agora criticam. Não é paradoxal?
A Redução da taxa do IRS para os escalões mais baixos, vai ser uma realidade. Era promessa do Governo e exigência da Oposição. Pois agora criticam. Não é paradoxal?

Mac Macléu Ferreira

Este artigo teve a aprovação do Exmo. Comandante Guélas

Viva o Comandante Guélas


www.riapa.no.sapo.pt

2 comments:

Marina said...

E não é paradoxal que o "dever" da oposição seja criticar sempre? :)

Anonymous said...

Se4 fosse uma Oposição Séria, não!

Afonso