Friday, October 08, 2004

HISTÓRIA

Assalto ao “Serpa Pinto”

Em Maio de 1944, no Atlântico, o navio português “Serpa Pinto” foi interceptado por um submarino alemão, que deteve o cargueiro e mandou evacuar todos os passageiros.

“…três pessoas caíram ao mar e morreram – uma delas era portuguesa e as restantes, incluindo um bebé, eram de outros países europeus”, escreveu uma passageira, madame Savora Viva !

Tratou-se de um acidente ocorrido na transferência dos passageiros do navio para os salva-vidas. Portugal era um país neutro, estando o navio assinalado.

“Mesmo assim, o comandante Von Bakaus Bajhoulo obrigou-o a parar e durante 12 horas os passageiros estiveram nos botes de salvação, enquanto os alemães decidiam o que fazer com o cargueiro”

Após vários contactos, optaram por não o afundar. Porquê?

“Pensamos que tem a ver com a disputa sobre o Volfrâmio. O objectivo era pressionar Portugal a favorecer mais Volfrâmio à Alemanha “ – escreveu Douglas Lanphier.

Os alemães prenderam duas pessoas, dois luso-americanos em idade militar:

- Virgílio Magina
- Manuel Pinto

Foram levados para o submarino e daí para um campo de prisioneiros alemão. Ambos sobreviveram à guerra.

Bigornas

Este artigo teve a aprovação do Exmo. Comandante Guélas

Viva o Comandante Guélas

www.riapa.no.sapo.pt



1 comment:

martelo said...

hummmmmmmmmmmm
submarinos do paulo das feiras???